Mini em Revista


A Mini em Revista é fruto de uma avalanche de ideias. Durante todo o processo de elaboração, o maior desafio tornou-se justamente controlar e compilar todo o volume de informações e material, e torná-lo tátil e real. Coeso ou não. Um difuso time de artistas e colaboradores foram convidados para figurarem esta primeira edição. Sem periodicidade regular, a Mini Em Revista se define como uma publicação imprevisível e irreverente. Para esta edição, para cada convidado foi pensada uma seção, são eles:

Flora Assumpção, Suzana Massini, João Maciel, Carolina Santana, Selma Andrade, Cecília Silveira, Bruno Oliveira, Cícero Oliveira, Ana Martins Marques, Clara Valente, Ronaldo Grossman, Rafaela Ianni , Tartaruga Feliz, Fernanda Preta, Julião Villas, Cecília Gimenez, Paula Borghi, Ana Beatriz Elorsa e Malu Rissi Shima, Raquel Schembri, Guille Suárez, Pedro Ângelo, Pedro Pessoa, Renata Carvalho, Thalles Pessoa, Denis Fujito, Fernando de La Rocque, Marcelo Comparini e Mariana Abasolo.

Cada seção da revista funciona como propostas norteadoras, como vitrines, como espaço expositivo, que se repetirá (ou não) à cada nova edição. A revista foi apresentada como proposta de trabalho na disciplina Pensamento Impresso, como isolada de mestrado, sob orientação de Amir Brito Cadôr, na Escola de Belas Artes da UFMG / 2015.

Para o lançamento da revista, que ocorreu no Galpão 5 da Funarte (Belo Horizonte), no dia 15 de janeiro de 2016, e figurou a programação do Festival Verão Arte Contemporânea, realizado anualmente pelo Grupo Oficcina Multimédia, foi proposta uma exposição intitulada “Galeria Lambe Lambe” , proposta que rompe com o formato convencional de revista, transpondo para a parede em formato Lambe Lambe, as páginas da revista. O suporte ainda é o papel. Atualmente vivemos na era da sustentabilidade e da possibilidade de um consumo mais consciente. Indo nesta direção, a proposta foi de encontro também ao momento atual de ruído nas esferas da economia. A proposta é assim, efêmera. A revista foi impressa na parede, para ser ao vivo até o fim da mostra. Posteriormente uma versão online da revista em pdf ficará disponível para ser acessada.