I miss you

I miss you fala da devastação do feminino, encabeçada pelos que buscam poder. O círculo de fogo faz referência à rituais pagãos mas também à queima de mulheres pela Inquisição da Igreja Católica. O fogo é alimentado por 9 folhas de papel, como as 9 fases da Lua, preeenchidas com nomes de mulheres vítimas de feminicídio. Em meio à natureza e sua energia vital, um corpo feminino habita esse círculo de fogo, vestindo uma coroa e uma faixa de miss com a frase I miss you estampada. “O lugar de aceitação do feminino, e não o lugar em que eu queria estar.” A pose adotada foi assimilada das figuras de deuses em pinturas, estatuetas e símbolos. Na mão, uma chaga em formato de vagina. “I Miss You, nós sentimos a falta de vocês.”

Criação e edição | Hifa Cybe

Captação de vídeo | Walter de andrade

*A performance I miss you é de 2017 e foi inspirada pelo momento do impeachment de Dilma Rousseff e o machismo estrutural de nosso sistema político: homens podem ser maus gestores mas jamais terão sua sexualidade escrutinada, nem sua beleza questionada. A faixa utilizada pela artista na performance, portanto, faz referência à ambas as faixas: à presidencial e à de miss. O registro da performance aconteceu no bairro Gomeral, em Guaratinguetá, e foi apresentado uma única vez, em 2020, no projeto Covid-19 Artist Stories nas mídias sociais do Building Bridges Art Exchange, localizado em Los Angeles.